Eco Carnaval amigo do ambiente

Sexta, 1 de Março


O tempo é de folia, mas sem descurar outras questões essenciais, em especial as ambientais. O Carnaval de Estarreja, nesta edição de 2019, dá mais um passo para a sustentabilidade ambiental ao integrar práticas amigas do ambiente que contribuem para a diminuição da sua pegada e para a qualidade de vida dos cidadãos. Por isso, a Organização está a implementar um conjunto de medidas para minimizar o impacto no ambiente, nomeadamente, a recolha seletiva de embalagens (papel, plástico e alumínio, e vidro) e de beatas de cigarros e a distribuição de copos ecológicos, ações que fazem do Carnaval de Estarreja um Eco Evento.
 
Garantir as condições de acolhimento ao público, segurança, recolha de resíduos e limpeza constitui o outro lado dos bastidores do Carnaval de Estarreja, que, pela sua dimensão, implica a montagem do “Sítio do Carnaval” no Parque Municipal do Antuã, onde, desde o ano passado, se concentram as festividades carnavalescas.
 
Aqui são montadas as estruturas necessárias para a realização do evento, um dos principais do Município de Estarreja e que mobiliza milhares de pessoas na sua coorganização. E por aqui, passarão durante estes dias milhares de visitantes - a organização estima a vinda de 50 mil -, distribuídos pelos vários momentos da programação, com o ponto alto a acontecer no Desfile Noturno das Escolas de Samba, no dia 1 de março, e nos Grandes Corsos, no dias 3 e 5 de março (programa completo aqui).
 
Uma centena de equipamentos para recolha seletiva
 

Assumindo-se como Eco Evento, o Carnaval de Estarreja disponibiliza cerca de uma centena de equipamentos dedicados à recolha seletiva de resíduos: 4 dezenas de estruturas de recolha de embalagens de várias tipologias de material (papel, plástico e alumínio e vidro), 20 unidades de cinzeiros de exterior em formato cigarro e 40 contentores para lixo indiferenciado, foram colocados estrategicamente no recinto, abarcando os espaços de folia (multiusos e tenda), alimentação, bilheteiras, camarins, avenida onde passam os desfiles.
 
4 mil copos ecológicos para as festas
 

Durante as noites de Carnaval, nos bares que irão funcionar no Espaço Folia (Multiusos) e na Tenda onde se realizarão as festas pela noite dentro e os concertos (gratuitos) de Nuno Bastos, Orquestra Bamba Social e Tiago Nacarato (sábado, 2 de março) e Calema (segunda-feira, 4 de março), as bebidas serão servidas em copos ecológicos, fomentando-se a sua reutilização e evitando-se a utilização de copos de plástico. Foram produzidos 4 mil copos ecológicos com a marca Carnaval de Estarreja, com o apoio de um Mecenas (Rubis Gás/GLC).
 
A estas ações municipais, acresce a preocupação dos grupos de Carnaval em reutilizar todo o tipo de materiais, usados em anos anteriores e aos quais é possível dar uma nova vida.
 
Usar os transportes alternativos
 

Privilegiar o comboio, mais uma vez, é a sugestão do Carnaval de Estarreja para quem cá se desloca, evitando o uso do carro. A parceria com a CP possibilita a compra de bilhetes promocionais a um valor de 2€ e mais lugares nos dias dos Grandes Corsos e ainda a oferta de comboios especiais na noite de segunda-feira de Carnaval, 4 de março (ver aqui a notícia completa).
 
Com a estação localizada a cerca de 10 minutos a pé do centro da cidade, onde decorrem os festejos, no Parque Municipal do Antuã, o comboio é a melhor opção para quem não quer perder a folia do Carnaval de Estarreja. Além de ser um transporte rápido, sustentável e amigo do ambiente, o comboio torna-se mais económico e evita o trânsito e as dificuldades de estacionamento.
 
Projeto social põe a Cerciesta a sambar
 
Através de uma parceria do Município de Estarreja com a ERSUC - Resíduos Sólidos do Centro, S.A, valorizando este lado ecológico do evento, será beneficiado um projeto social com impacto na comunidade local. Ou seja, a verba angariada com a posterior reciclagem dos resíduos recolhidos durante as festividades será destinada à Escola de Samba Os Morenos, que este ano integra no seu desfile um grupo da Cerci de Estarreja.
 
Um dos princípios subjacentes à ação deste grupo de samba passa por incutir valores de amizade, solidariedade, companheirismo e partilha, promovendo a inclusão, nomeadamente, através da cultura e da arte. Este ano, a Escola de Samba “Os Morenos” irá desfilar com uma ala especialmente dedicada à inclusão de jovens e adultos com necessidades especiais, mostrando ao público que, mesmo com as suas diferenças, são capazes de estar devidamente integrados na comunidade, neste caso na comunidade carnavalesca, e mostrar as suas capacidades e habilidades num grande espetáculo, onde não há barreiras para a felicidade.
 
Os cerca de 20 utentes da CERCIESTA não terão quaisquer custos associados à sua participação no desfile, sendo as fantasias totalmente custeadas pela associação “Os Morenos”. Este projeto social é desta forma valorizado neste contexto do Eco Evento, estando o Município a reinvestir a recolha seletiva de resíduos no Carnaval.

carnaval@acestarreja.pt